sábado, 19 de maio de 2012

Momentos


MOMENTOS

Eduardo Baqueiro

A felicidade é uma ilusão,

é o produto de nossas ânsias...

Um ponto no tempo, vai assim como veio.

Mas há momentos em que consigo parar o tempo,

Então vivo nestes fragmentos

Eu os retenho dentro de mim...

São momentos únicos que ficarão perdidos

Mas dentro de mim estarão sempre acesos.

Saboreio este momentos muitas vezes

Me alimento deles

e sinto uma emoção única...

Paro meu tempo, esqueço a rotina

Deixo levar-me pelos meus sonhos

Vôo fundo, sem receios...

Deixo esta energia fluir em meu ser

Sinto uma sensação jamais sentida

Realizo-me,

nem que seja por um momento apenas!

A felicidade é uma invenção do homem

para explicar o porquê da vida

Mas eu não sigo estes caminhos

já tão explorados!

Abuso de minha liberdade e construo

meu próprio caminho

Foi assim que encontrei você,

ou será que foi você quem me encontrou?

Não importa...

Quero apenas amar você...

Decifra-me


Decifra-me
Eduardo Baqueiro

Não me pergunte se te amo

Jamais te direi com palavras

Meus sentimentos por ti

Sou sinônimo de mistério

Não terás as respostas pelos

meus lábios

Tampouco te direi como obtê-las

Terás que descobrir...

Talvez através do brilho dos meus

olhos quando olhas para mim

Talvez pelo tom de minha voz

quando te falo do meu amor

Ou talvez, quem sabe, pela maneira

que te toco, quando estamos a sós

Descubra você mesmo,

Mas não me perguntes

Não te direi com palavras

Saberás,

se souberes procurar...

Se realmente me amas como dizes,

acharás as respostas...

Elas estão fragmentadas em mim

Aos poucos,

montarás um quebra cabeça

E, se no final,

souberes interpretar a charada,

saberás o que sinto por ti

Mas não demores muito

tentando me entender.
                                                      Não conseguirás, eu sei!

Desencontro


Desencontro

Eduardo Baqueiro

Amo a lua

Tu amas o sol

Gosto do silêncio

O silêncio te assusta

Tenho como refúgio uma caverna

Tu te choras e procura minha companhia

Você é rosa e eu sou vermelho

Quando somos primavera nos desencontramos

Mas no verão nos reencontramos

Quando sou tempestade, você é calmaria

Você é o mar, silenciosa e forte

Suas ondas me embalam

nos momentos difíceis

Sou o lobo solitário, sempre te procurando

Somos um casal que ainda

não aprendeu a ler nas entrelinhas

Encontros e desencontros, somos assim...

Mas não vivo sem você

Eu sou um lobo que ama o mar

Você, um peixe que vive fora d´água

O amor é assim, sem lógica, sem nexo

Mas me faz um bem tão grande!

Talvez seja por isso que te amo assim

Sempre sentindo tua falta

Sempre te esperando

Sempre te querendo...


Primeira Vez


PRIMEIRA VEZ

Eduardo Baqueiro

Na primeira noite foi apenas um olhar

Um simples olhar, nada mais

Mas teu rosto, o sorriso dos teus olhos

ficaram guardados dentro de mim...

Na segunda vez, um olhar

e um sorriso de satisfação

Uma surpresa gostosa ficou estampada

No meu rosto e no teu rosto também....

Na terceira vez, um olhar

e um sorriso não foram suficientes...

nos aproximamos, meio tímidos

poucas palavras pronunciadas...

Desta vez ficou estabelecido o próximo encontro

Um lugar especial para você: sua praia...

Cheguei cedo para não perder a hora

E fiquei ali contemplando as ondas do mar.

Sonhei acordado com teu sorriso,

Tua voz rouca e doce

ainda soava em meus ouvidos...

Senti medo de nunca mais vê-la...

Até que a mesma voz me acordou...

Era você que se aconchegava ao meu lado,

Contando detalhes de sua vida

Como se fôssemos velhos amigos...

Foi uma tarde especial para mim

Parecíamos duas crianças

construindo castelos de areia

para depois deixarmos as ondas carregarem...

A tarde já virava noite e meu coração estava triste.

Nosso tempo correu como raio...

Toquei teu rosto desejando ficar ali mais um pouco

Até que um beijo aconteceu...

As ondas do mar como testemunhas

De um novo amor que nascia...

Na despedida, uma promessa
De um novo reencontro!

Sempre te Amei


Sempre te amei

Eduardo Baqueiro

Não sei a cor de teus olhos

Não conheço teu sorriso

Nem sei a cor de tua pele...

Mas ninguém te conhece como eu!

Apesar de não sentir teu cheiro

Nem o gosto de teus beijos

Ninguém sabe melhor o que se passa

em teu coração...

Sempre te amei, sempre te amarei!

Há algo mais em você que me fascina

Que me faz sentir sua falta a cada

momento de minha vida...

Nunca te vi,

Nem pela fresta da porta

Nem caminhando na tua praia

Mas meu coração te sente sempre

presente...

Tua voz rouca e sexy, eu conheço

Os teus dengos, tuas fraquezas,

A forma como me trata em nossos

momentos...

Gostaria de um dia te ver e te tocar

Você sempre será a minha preferida

A mulher de meus sonhos

O amor de minha vida....

Primeiros Sonhos


Primeiros Sonhos
Eduardo Baqueiro




Quando era menino sonhava acordado!
Via minha vida como num filme...
Via sempre uma menina ao meu lado,
Tinha um jeitinho que jamais encontrei.

Meu caminho não foi como eu sonhei,
Não houve tantas flores,
Nem o amor que tanto desejei.
Hoje já passei da metade de minha vida...

Os sonhos ficaram no passado,
As ilusões ficaram perdidas dentro de mim.
Perdi para as frustrações de minha vida,
Meu passado tornou-se escuro.

A estrela que deveria acendê-lo não apareceu...
Já sentia o fim se aproximando!
Perdi a fé e a pureza dos primeiros anos,
Aprendi a chorar para esquecer as desilusões...

Mas apareceu você, menina.
Jeito de criança, coração de mulher,
Desejando amar como se fosse o único
motivo para existir;
Me amedrontei, confesso!

Minha idade e minha caminhada
Não me prepararam para te amar!
Já me encontrava cansado, desanimado,
Mas seu toque de midas me acendeu o futuro...

Dentro de mim nasceu o jovem que não conheci,
Expulsei o desânimo e me tornei seu homem!
E hoje eu aprecio a vida, o vento no rosto,
Vejo flores em meu caminho.

Tenho um ombro para encostar minha cabeça,
Para chorar de alegria e descansar.
Não mais sonho,
Vivo a realidade de meus sonhos!


















Quero te Amar


QUERO TE AMAR
Quero me envolver na melodia
Desta tua voz macia,
Que vem brotando de um sorriso.
Quero dentro deste teu olhar,
Num mergulho encontrar,
O amor que eu preciso.
Eu quero andar no infinito caminho
Longo e bonito, quero em teus braços encontrar,
O que eu estava a procurar.
E nunca mais viver sozinho.
Na simplicidade do teu jeitinho,
Quero sentir de pertinho,
O teu perfume e teu calor.
Quero ser para ti, felicidade
Quero te amar de verdade
Quero te dar meu amor.

Vida Diferente


VIDA DIFERENTE
Você sonhou, tentou viver,
Mas a vida tão escura te desanimou.
Você viveu, não consegui,
E agora, só as trevas estão sobre ti,
A vida foi embora e te deixou aqui,
Os sonhos se foram, e o que restou?
Somente alguns momentos, de angustia e dor.
Você sonhou, viveu,
Mas como o vento, tudo, tudo já passou.
No inicio julgou ser seu,
Todo aquele tempo, mas tudo acabou.
Quem dera; tudo ser tão fácil,
Mas o embaraço já embaraçou.
O mundo que lhe parecia grande,
Hoje tão pequeno se tronou.
Tu precisas começar uma vida diferente,
Entregar teu coração a quem sabe viver,
Só Jesus pode mudar tuas dores em prazer.
Só Jesus vai transformar você.

Eterno Amor


ETERNO AMOR
Minha vida é uma poesia
 Um poema de sonhos e emoções,
Versos que se redigem a cada dia,
Em longas pautas de muitos corações.
Meu coração e um oásis, uma fonte.
Matando a sede de quem vive como eu,
Peregrinando num deserto tão gigante,
Buscando em sonhos um romance que não
Leu.
Minha vida é amar, cantar, seguir
Um caminho que me leva um lugar.
Onde eu possa em paz viver, em paz
Onde eu possa, seguramente, descansar.
Minha vida é buscar a paz real,
É buscar amor, também carinho e atenção.
Sou um guerreiro conquistando um ideal que,
No meu peito, faz arder o coração.

Descupas


DESCUPAS
Meu bem quero te pedir desculpas,
Por ter te machucado,
Se eu errei, você também errou.
Mas vamos esquecer
Os erros e defeitos,
E vamos nos concentrar
No nosso amor.
Sinto-me só, com vontade de te ter,
Não consigo te esquecer
Sofro com a ideia de que
Você possa me perdoar,
Por favor, venha para os meus braços,
Pois preciso tanto de você.
Não posso suportar um adeus,
Nem, uma até logo.
Pois quero teu amor a todo tempo.

Meu Amor


MEU AMOR
 Oi, meu amor,
Com estou apaixonado!
Sinto meu coração acelerar,
Cada vez que você chega
Perto de mim.
Perco as palavras e não consigo
Expressar em palavras,
Por isso estou a escrever
Para você, só para você.
Quero lhe dizer isso há muito tempo
Só que não sabia como fazer,
Queria ter você comigo,
Mais não há tinha.
Mas estou feliz, por ver que
Estamos mais amigos,
E só assim terei mais chance
De ter você, de ter teu amor.